Problemas!!! Como solucioná-los?

Vou iniciar afirmando que problemas ou dificuldades não existem, na verdade o que denominamos de problemas ou dificuldades, a partir de agora serão OPORTUNIDADES e essas oportunidades geralmente nos levam ao aprendizado e a evolução tanto pessoal como do negócio.

Todo e qualquer negócio possui diversas oportunidades nas mais variadas áreas e, quando, não estamos vendo estas oportunidades devemos nos preocupar, pois não existe processo ou produto perfeito, sempre há oportunidades e se não as encontrarmos, nosso negócio brevemente ficará ultrapassado. As oportunidades sempre irão existir e isto é bom para o aprendizado, a inovação e o crescimento das pessoas e do negócio, afinal de contas não existe crescimento do negócio sem o crescimento das pessoas que nele atuam.

Como devemos atuar diante destas oportunidades para realmente crescermos?

Devemos criar um ambiente onde as pessoas enxerguem as oportunidades como uma chance de crescimento para elas e para o negócio e que elas transformem estas oportunidades em melhorias reais de modo estruturado. E para buscarmos uma forma estruturada de transformar estas oportunidades em melhorias, novamente recorremos aos métodos orientais e, aqui vamos buscar um conceito das artes marciais japonesas, o KATA.

Kata

kata1O Kata é uma série de movimentos de ataque e defesa realizado individualmente ou em conjunto. Os katas foram originalmente criados copiando as posições de ataque e defesa que vários mestres utilizaram em situações reais de perigo contra um ou mais oponentes. O objetivo do kata é ajudar no desenvolvimento de aptidões psicológicas e físicas para o verdadeiro combate. O kata é passado de mestre para discípulo, sendo que este último através de orientação do mestre e muita prática acaba se tornando também um mestre e passa a ensinar seus discípulos e, quanto mais discípulos se transformarem em mestres mais o estilo do mestre se multiplica, se enraíza e vira cultura.

Como o kata pode ajudar no ambiente de negócios?

Como explicado anteriormente, o kata é uma cópia de diversos movimentos de um mestre que os utilizou para vencer uma batalha, então, nos negócios devemos copiar movimentos de mestres que também enxergaram oportunidades e conseguiram transforma-las em melhorias que fizeram com que tanto eles como seus negócios evoluíssem. Então afirmo que não é necessário criar uma nova solução se algo parecido já foi feito e funcionou, nesse caso, devemos copiar essa solução e apenas melhorá-la.

Como implementamos o kata num ambiente de negócios?

kata2Primeiro precisamos de um mestre para ensinar um grupo de aproximadamente 5 a 10 discípulos, estes discípulos precisarão de treinamento por um período de 6 meses a um ano, no qual o mestre começa ensinando os movimentos básicos do kata. Ele acompanha os movimentos dos discípulos e faz as correções necessárias em cada um. Ao término deste período, estes discípulos se tornarão mestres e iniciam a multiplicação do conhecimento.

Quais são os movimentos do kata para transformar oportunidades em melhorias?

  1. Iniciamos com a definição de uma condição alvo que deve estar alinhada com a Visão do negócio. A condição alvo não é simplesmente um indicador de resultado, mas é uma definição detalhada de como o processo deve operar. Para termos uma melhor definição da condição alvo devemos entender bem a oportunidade que temos a nossa frente, utilizando dados existentes e principalmente visitando o local onde a oportunidade se encontra. Quanto mais profundo o entendimento da oportunidade mais detalhada e precisa será a definição da condição alvo. A condição alvo deve fornecer realmente um desafio de aprendizado, portanto não deve ser algo que já sabemos a resposta antecipadamente. Uma boa condição alvo é aquela que ninguém sabe a resposta correta para alcançá-la.
  1. Após entender bem a oportunidade a sua frente e definir a condição alvo, vamos iniciar o ciclo de aprendizado. O ciclo de aprendizado acontece utilizando-se o ciclo PDCA.

kata3

Multiplicando o Kata

Como disse inicialmente, todo negócio possui diversas oportunidades, então podemos concluir que um grupo de 5 a 10 mestres não poderão aproveitar sozinhos todas estas oportunidades. Estes mestres então, devem como os antigos mestres de artes marciais, disseminar o kata, treinando novos discípulos, desta forma criamos uma organização com a cultura de aprendizado contínuo.

Para mais detalhes sobre esta ferramenta de melhoria contate-nos e teremos muita satisfação em fazer uma visita, fornecendo materiais mais detalhados sobre o tema explicando com mais detalhes o processo de implantação.